segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Música é Vida!!! Tema de Hoje: Publicidade Musical

MÚSICA É VIDA!!!

Publicidade Musical

Bom dia a todos!
Mais uma semana se passou e com muita alegria continuamos nossa coluna semanal. Primeiramente acho mais que válido, mencionar que esse tema é um tanto quanto polêmico, pois envolve um dos fatores mais relevantes sobre a carreira de qualquer artista do segmento. Manipulação da mídia com altos investimentos e troca de influências. Mas prometo não entrar nesses detalhes! 

Assim como todo e qualquer segmento de mercado, a música também depende de investimentos para divulgação! A partir do momento que todos perceberem que em toda área, a publicidade e o marketing são tão importantes quanto o próprio produto, as chances de sucesso nos projetos aumentaram consideravelmente. Se analisarmos o fato de que, um cantor com muito talento, se não tiver produção e investimentos direcionados com planejamento, tem grande chance de não ser reconhecido no mercado, mas agora se um artista, sem talento tiver tudo isso que acabei de mencionar, ele pode sim se tornar um ASTRO!!! Obviamente que a medida em que sua visibilidade for aumentando, parte da produção, será justamente, ESTUDAR. 

Muitos artistas, cantores, duplas e bandas, iniciam seus trabalhos de divulgação por conta própria, já que dificilmente encontram parceiros e ou investidores logo de início. Na minha concepção, os artistas citados, tem que ter como ocupação principal, estudar, ensaiar, compor, gravar e cantar. Toda uma equipe fará o restante. Impossível fazer tudo sozinho.
Outra palavra comum há todo empreendimento de sucesso é PADRONIZAÇÃO!!! Na música não é diferente! Imagem, Identidade Visual, Layout padronizados e dentro das variáveis de Tendência são essenciais para dar sequência ao projeto.

A ferramenta mais utilizada para divulgação atualmente é a internet e Redes Sociais. Existem empresas e agências especializadas nisso que gerenciam apenas essa parte de imagem dos artistas. É claro que toda e qualquer divulgação tem que ser planejada de acordo com o orçamento disponível para isso. Mas não é só de internet que se vive a divulgação artística!!! Por ser um tema que abrange várias ferramentas, hoje irei falar especificamente sobre Divulgação com a Utilização das REDES SOCIAIS, com foco mais em metodologia, ou seja, para você que é cantor, agência ou quer divulgar a sua marca!!! 

Uma das maiores agências do mercado é a DIGITAL MUSIC BRASIL, empresa a qual tive a honra de aprender sobre o assunto abordado e que é responsável por gerenciar esse setor da carreira de diversos artistas como: Michel Teló, Ivete Sangalo, Jorge e Mateus entre outros. 
Conhecida DMUSIC a empresa é situada num dos melhores bairros da capital de São Paulo. 


Para um gerenciamento de mídias sociais eficiente, é importante estar atento aos diversos fatores e ter um bom planejamento estratégico. Para nortear o projeto, inicialmente seguimos o padrão divididos em sete (7) passos:

1.Definição do público alvo:
Pesquisas de mercado para triagem e definição do público alvo e utilização das ferramentas necessárias para aproximação, entrada e divulgação com a elaboração de material com conteúdo e compartilhamentos específicos. Estas informações são a base para levantar as características principais, entender este público ideal e criar conteúdo que responde às suas necessidades.

2.Criação de conteúdo com alta qualidade:
Publicações de conteúdo que responda às metas, objetivos e às objeções do público. Conteúdo elaborado sob medida, com planejamento estruturado e compartilhamento com técnicas de mídias sociais.

3.Engajamento do público alvo:
Essencialmente manter o conceito e foco na finalidade do conteúdo compartilhado nas mídias sociais, no engajamento. Entreter, inspirar, e ajudar público, mas o objetivo principal é trazê-lo para mais próximo da carreira. Aproximar ainda mais os fãs atuais e atrair novos fãs, além de novas oportunidades de negócios.

4.Interação com público alvo:
Toda experiência importa, com a premissa em engajar público, consequentemente a taxa de abertura, cliques e retorno sobre investimento serão de acordo com planejamento estratégico.
Resposta aos comentários, marcação de fãs potenciais e formadores de opiniões e que se identifiquem com determinada publicação, comentários em fotos de fãs. Ações direcionadas com a intenção de estar “presente na vida do fã”.

5.Utilização da Regra 80-20:
A regra 80-20 é baseada no conceito de que 80% do conteúdo será direcionado ao entretenimento, e 20% a venda. Isso significa limitar postagens sobre datas e locais de forma demasiada, pois torna-se maçante e repetitivo. Trabalhar variações de conteúdo, desta forma a audiência estará condicionada a interagir com a marca, e consequentemente a venda torna-se mais fácil. Controle dos tipos de conteúdo que as pessoas compartilham e estudo de concorrentes e suas formas de atuação.

6.Foco na qualidade e não na quantidade:
Marketing com foco na qualidade e possibilidade de manutenção efetiva e total. Escolha das principais redes. Exclusão de perfis sem movimentação e de baixa efetividade. Divulgação de materiais diferentes nas redes escolhidas de forma que se conectem e faça o fã “transitar” entre elas naturalmente sem correr o risco de repetição de material divulgado.

7.Escolha das plataformas certas
Definição das plataformas, onde o público alvo se identifique e fique o máximo de tempo possível, além de despertar interesse no compartilhamento. Planejamento da ação ao configurar a mídia social. Relatórios com posicionamentos atuais e perspectivas de curto e longo prazo.
Vale ressaltar que para obter sucesso nos trabalhos de mídias sociais, é necessário que todo gerenciamento seja feito de forma profissional. Em nossa visão o artista deve ocupar-se com musicalidade, performance, postura e estudos. Trabalhar redes sociais demanda tempo. Atualmente, é muito comum os artistas tentarem gerenciar por conta própria todo conteúdo das mídias sociais, o que reflete diretamente na produtividade e na qualidade do produto final. Isso ocorre, geralmente por condições limitadas de recursos financeiros para contratar esse tipo de serviço, ou por má escolha de empresas que não conseguiram efetivar o gerenciamento ou até mesmo por criar uma expectativa de retorno imediato.
O planejamento estratégico de Mídias Sociais é apenas uma parte do gerenciamento de carreira artística e que deve estar totalmente ligada a todas outras partes. Atualmente a utilização das ferramentas virtuais, tornou-se a maneira mais otimizada de divulgar o trabalho, mas deve-se direcionar toda ação com foco no que exatamente divulgaremos e para quem. Jamais deixar de manter-se atento a postura e a proximidade física com os fãs. Por isso a pré produção com foco na qualidade musical, visual e cuidados específicos com a responsabilidade social que toda figura pública tem, é mais importante do que a própria divulgação. 

Nas próximas semanas falaremos sobre outras ferramentas e na semana que vem, uma entrevista mais que especial com o Produtor Musical, Multi-instrumentista e Cantor: Michel Gonçalves. Falaremos sobre o lançamento de seu Projeto entre outros assuntos. Não Percam!!! 

Espero que tenham gostado da matéria dessa semana, que apesar de muito longa e informativa, foi escrita com muito carinho pra vocês!!!

Desejo à todos uma excelente semana!!! Abraços Musicais!!!

Bernard Ramires


Nenhum comentário:

Postar um comentário